Visitantes contam o que aprendem na Feira do Empreendedor SP

Evento funciona como uma sala de aula de negócios, segundo estudantes e empresários

429

Uma verdadeira escola de empreendedorismo. É assim que os visitantes definem a Feira do Empreendedor 2016 SP, evento organizado pelo Sebrae-SP.

A feira, dizem os empreendedores, é o melhor caminho para resolver a burocracia de criar um negócio e entender as obrigações e os deveres de um empreendedor. As palestras e consultorias respondem a todo tipo de dúvida, seja para quem vai abrir um negócio ou para quem já tem uma experiência à frente de uma empresa.

Pequenas Empresas & Grandes Negócios conversou com cinco visitantes pelos corredores da Feira do Empreendedor SP. Veja, a seguir, os principais aprendizados que eles tiveram.

Formalização

Natália Sperchi e Marcela Castilho: elas buscam dicas para formalizar a empresa (Foto: Fabiano Candido)

“A Feira do Empreendedor SP vai nos ajudar a entender qual é o melhor tipo de empresa para o e-commece de moda que vamos abrir. Queremos começar com tudo formalizado e certo na parte da burocracia da empresa. E o evento, com a consultoria gratuita, é o jeito mais fácil de resolver isso.”
Natália Sperchi, 29 anos, designer de moda; e Marcela Castilho, 30 anos, designer

Capacitação

Davidison Pereira da Silva (Foto: Fabiano Candido)

“Eu tenho o sonho de construir meu primeiro negócio. A Feira do Empreendedor é o primeiro passo para eu conseguir construí-lo. Vim aqui para aprender gestão de pessoas e financeira com os consultores.”
Davidison Pereira da Silva, 34 anos, empreendedor

Oportunidades de negócios

André Melo: "A feira me atiça a ter um novo negócio" (Foto: Fabiano Candido)

“Eu tenho uma agência de marketing digital e vim para o evento ver o que os concorrentes estão fazendo. Também vim trocar cartão e prospectar novos clientes. Mas a Feira do Empreendedor é tão encantadora que fiquei interessado em abrir um novo negócio de nicho. Anotei várias oportunidades para estudar, como uma franquia de comidas para pet.”
André Melo, 56 anos, empreendedor e administrador de empresas

Inspiração

Priscilla Abranches e Lucas Calazans: "A gente quer aprender tudo sobre negócios" (Foto: Fabiano Candido)

“A gente tem o sonho de abrir uma sorveteria e criar uma espécie de food truck de sorvetes. A gente veio à feira para se inspirar com quem já tem uma empresa e com quem faz sucesso. Queremos aprender a administrar um negócio.”
Priscilla Abranches, 16 anos, e Lucas Calazans, 18 anos, estudantes e empreendedores

Novos negócios

Nelson Arakawa: "Vim ao evento para procurar negócios que se encaixem nos meus planos" (Foto: Fabiano Candido)

“Eu já fui empreendedor e tive duas empresas. Até pouco tempo, estava no mercado de trabalho. Agora, quero empreender novamente e vim à Feira do Empreendedor para me atualizar e buscar oportunidades de microfranquias que se encaixem no meu plano de negócios.”
Nelson Arakawa, 47 anos, consultor de tecnologia e empreendedor

Fonte: PEGN

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comments

comments